SENHORA MADEIRA
Os móveis dessa marca são feitos de peças e tábuas de madeira extraídas de antigas construções. São madeiras nobres e muito duráveis, por isso eram utilizadas em larga escala no passado
Durante a imersão no projeto, percebemos que os elementos de madeira, que ao longo dos anos foram parte de algo, tinham uma história para contar. Aí, então, ganhamos a inspiração para o nome: o respeito pela idade e história de cada peça.
Uma das maneiras de tratar uma pessoa com respeito  é usar o pronome de tratamento “senhor” ou “senhora”. Ao anteceder um nome,  “senhora” nos leva a pensar que se trata de alguém importante. A ideia é a mesma para a marca. Não se trata de qualquer madeira, mas de uma Senhora Madeira. Esse nome também nos sugere a rusticidade comum ao estilo dos móveis da marca, efeito provocado pela palavra “madeira”. Além disso, propusemos um ritmo para o nome por meio de técnicas linguísticas: Senhora Madeira é composto por duas palavras trissílabas e paroxítonas (têm a penúltima sílaba tônica) e ambas terminam com a vogal “‘a”’
“Eu sempre digo que um nome não precisa ser curto para ser bom. Senhora Madeira é um exemplo disso. Com algumas técnicas que dão ritmo à pronúncia das duas palavras, criamos um nome que comunica o propósito da marca de uma forma muito original”.

Jeni Preuss (designer da ENTRE).
This brand of furnitures made its pieces in wooden planks extracted from old buildings. They are noble and very durable woods used on a large scale in the past. During the immersion in the project, we realized that these pieces of wood, that over the years were part of something, had a story to tell. Then we got the inspiration for the name: respect for the age and history of each piece of wood. One way to treat a person with respect is to use the treatment pronoun “Mister” or “Mistress”. By preceding a name, Mistress” makes us spontaneously think of someone important, so the name created was "Senhora Madeira" (Mistress Wood). This name also suggests a common rusticity e in the style of the brand’s furnitures, an effect caused by the word “wood”. In addition, we propose a rhythm for the name using linguistic techniques: Senhora Madeira is composed of two trisyllable and paroxytonic words (they have a penultimate stressed syllable) and both end with an “a” vowel.
"I always say a name doesn't have to be short to be good. "Senhora Madeira" is an example of that. With some techniques that give the pronounce of the two words a rhythm, we create a name that communicates the purpose of the brand in a very original way." Jeni Preuss (designer from ENTRE). 

Voltar ao topo